Terça, 28 de Junho de 2022
Cidades MP DE OLHO

Quase 50% dos servidores da prefeitura de São João do Rio do Peixe são contratados e comissionados

Um dos pontos que mais chama atenção é o valor que a prefeitura de São João do Rio do Peixe gasta com os ‘apadrinhados ‘

07/06/2022 às 08h52 Atualizada em 07/06/2022 às 09h23
Por: Redação
Compartilhe:
Quase 50% dos servidores da prefeitura de São João do Rio do Peixe são contratados e comissionados

Tribuna10
Redação, em 7 de junho de 2022   ás 08h51

Tribuna10- O ministério público já está de olho na 'farra' de contratações irregulares que o prefeito de São João do Rio do Peixe, Luíz Claudino, faz na prefeitura da cidade.

Uma consulta feita pelo portal Tribuna10, www.tribuna10.com.br junto ao Tribunal de Contas do Estado (TCE) aponta que 48,8% dos servidores da prefeitura são contratados e comissionados. Segundo o órgão fiscalizador, 121 são comissionados e 270 são contratados por excepcional interesse público em que o único critério de admissão são as indicações políticas do prefeito e vereadores aliados. O número de efetivos é de apenas 481 servidores.

Um dos pontos que mais chama atenção é o valor que a prefeitura de São João do Rio do Peixe gasta com os ‘apadrinhados‘ que por mês somam a despesa de ao menos R$ 760 mil.

Devido o descontrole com a folha de pagamento com os ‘sem concurso’ o prefeito da cidade não consegue resolver problemas simples, mas que comprometem a vida dos moradores.
Desde que assumiu a prefeitura, em janeiro de 2021, Luiz Claudino vem sofrendo duras críticas pela má gestão do município.

Nos últimos meses as reclamações aumentaram, principal entre nas áreas de saúde e infraestrutura. Na saúde a população convive com a falta de médicos nos postos de saúde e até falta de medicamentos básicos na farmácia popular, já na infraestrutura os moradores enfrentam buraqueira nas ruas, escuridão  e estradas intrafegáveis.

@tribuna10_oficial

* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou que contenham palavras ofensivas.
500 caracteres restantes.
Comentar
Mostrar mais comentários