Quarta, 17 de Agosto de 2022
Saúde SAÚDE

Ministro da Saúde diz que Brasil vai receber antiviral para enfrentamento da varíola dos macacos

Segundo a última atualização do Ministério da Saúde, até o momento, o Brasil registra 1.369 casos confirmados de varíola dos macacos no país.

01/08/2022 às 09h42
Por: Redação Fonte: G1
Compartilhe:
Ministro da Saúde diz que Brasil vai receber antiviral para enfrentamento da varíola dos macacos

Em publicação feita em seu perfil no Twitter nesta segunda-feira (1º), o ministro da Saúde, Marcelo Queiroga, afirmou que o Brasil vai receber um antiviral para combate ao surto de varíola dos macacos no país.

Uma pesquisa publicada na revista científica "The Lancet Infectious Diseases", do grupo "The Lancet", apontou que o antiviral tecovirimat se mostrou promissor em reduzir a duração dos sintomas e o tempo em que pacientes com a varíola dos macacos são capazes de infectar outras pessoas.

Varíola dos macacos: qual o perfil dos infectados e como isso pode mudar com avanço da doença OMS declara varíola dos macacos como emergência de saúde global. Os pacientes tratados com o tecovirimat, segundo o estudo, tiveram duração menor dos sintomas e expeliu vírus por menos tempo pelo trato respiratório superior (nariz, faringe, laringe e parte superior da traqueia).

O g1 questionou o Ministério da Saúde quando ocorrerá a distribuição do medicamento, quantas doses serão importadas e quais grupos, de fato, serão contemplados, mas ainda não obteve resposta da pasta. Segundo a última atualização do Ministério da Saúde, até o momento, o Brasil registra 1.369 casos confirmados de varíola dos macacos no país.

Por estados, a divisão fica assim: São Paulo (1.031), Rio de Janeiro (169), Minas Gerais (63), Distrito Federal (20), Paraná (21), Goiás (18), Bahia (11), Ceará (4), Rio Grande do Norte (2), Espírito Santo (2), Pernambuco (7), Tocantins (1) , Acre (1), Amazonas (1), Rio Grande do Sul (6), Mato Grosso do Sul (5), Amazonas (1), e Santa Catarina (7).

* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou que contenham palavras ofensivas.
500 caracteres restantes.
Comentar
Mostrar mais comentários