Terça, 28 de Junho de 2022
Polícia AMEAÇAS

Depois de repórter, editora de site é ameaçada de morte e estupro

A editora é a segunda integrante da equipe do Congresso em Foco a receber ameaça de morte

06/06/2022 às 21h25 Atualizada em 06/06/2022 às 21h43
Por: Redação
Compartilhe:
Jornalista do Congresso em Foco é ameaçada
Jornalista do Congresso em Foco é ameaçada

Tribuna10/redação

Tribuna10- Eu vou te matar, sua vagabunda. Vou enfiar meu pau nesse bumbum guloso, de um jeito ou de outro. Achei quatro falhas em criptografias militares, infinitamente dez vezes mais fortes que a do Pentágono.

Eu já tenho seus dados e os dados de toda sua família. Viajarei até sua casa com a arma que estou enviando a foto em anexo, tenho 200 balas, assim fazer a festa no seu cafofo e provavelmente morrer em um belo confronto com a polícia depois de estuprar você e todas as crianças presentes.”

O trecho acima faz parte da mensagem enviada à jornalista Vanessa Lippelt, editora do Congresso em Foco, na noite desse domingo (5). O texto, com a foto de uma arma que, segundo o autor, seria usada no assassinato da jornalista, foi encaminhado ao e-mail da redação do site. A mensagem foi entregue nesta segunda-feira (6) por Vanessa ao Departamento de Polícia Especializada, da Polícia Civil do Distrito Federal. As informações são do Congresso em Foco.

A editora é a segunda integrante da equipe do Congresso em Foco a receber ameaça de morte após a publicação de uma reportagem sobre as táticas do 1500chan, um fórum anônimo, para produzir fake news em favor do presidente Jair Bolsonaro (PL). O autor da matéria, Lucas Neiva, foi o primeiro a ser ameaçado, ainda no sábado (4), após a matéria ser publicada. Os dois jornalistas também tiveram dados pessoais vazados na plataforma.

@tribuna10_oficial

* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou que contenham palavras ofensivas.
500 caracteres restantes.
Comentar
Mostrar mais comentários